Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Achintya

Porque há coisas que não se explicam, sentem-se intensamente

Porque há coisas que não se explicam, sentem-se intensamente

Achintya

08
Fev18

Não quero, nem posso... deixá-la chorar!

kamini

 

 

Acordou aos gritos a meio da sesta, acontece frequentemente

Como sempre, corri para o quarto, peguei-lhe ao colo e embalei-a no meu peito.

Enquanto lhe beijava a cabeça, massajava a barriga.

Desta vez não parecia ser cólicas...acalmou facilmente com os miminhos.

Enquanto a mimava, pensava se estes acordares sobressaltados não serão...ainda...fruto das noites traumáticas que, forçosamente, viveu sem mim. 

A cirurgia foi exigente...os dias foram dolorosos, mas cheios de amor.

As noites que nos privaram de contacto, além de difíceis... traumatizantes!

Regressou a casa com um gritar assustador...desesperado!

Poucos dias depois...acalmou com a rotina que lhe tinha sido tirada.

As noites...o sono...nunca ficou igual!

Poderá ser da barriga, das cólicas...ou poderá ser o acordar em sobressalto de uma experiência traumatizante...

Os meses passaram...mas os traumas...talvez...ainda cá estejam!

Não quero...não posso...não consigo deixa-la chorar!

Quero enche-la de mimos...enquanto me deixa agarra-la bem junto ao meu coração.

 

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D