Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Achintya

Porque há coisas que não se explicam, sentem-se intensamente

Porque há coisas que não se explicam, sentem-se intensamente

Achintya

03
Dez17

Viciado no açúcar

kamini

Estava eu a preparar uma tarte de maçã, quando me deparei com a falta do açúcar amarelo. Desapareceu junto com a caixa... Ok, quem mexeu na caixa do açúcar amarelo??? Ninguém se acusou... Quem é a pessoa mais gulosa cá de casa, quem é? O primogénito negou qualquer "envolvimento", mas como o conheço desde que nasceu percebi que havia "caso"😕. 

Horaspassadas, resolvi aproveitar a ausência do rapaz, para fazer uma rusga ao quarto.😱😱😱 Não posso acreditar, ele está mesmo viciado... encontrei no armário um cardápio de guloseimas. O frasco do açúcar já tinha sido escondido melhor, encontrei-o (quase vazio) em cima do roupeiro (semi camuflado)😵. Fiz-me de parva e coloquei-o em cima da cama para ver como reagia... apareceu sorrateiro na cozinha e meteu o frasco (vazio) dentro do armário😭😭😭. Pensa uma mãe que o filho está mesmo a ficar um homem (são 17 anos!!) e afinal comportar-se como uma criança... Mentiu e não tem consciência do mal que está a fazer a si próprio 😞! Será caso de medicina familiar ou psiquiátrica??? 

Esta luta diária de obrigar a comer sopa e fruta, é muito pouco para tanta gulodice.

É verdade, já que cá em casa as coisas aparecem e desaparecem... Não é que lhe desapareceu o iPad ???!!! Quem terá sido e porquê?!?!?! Nem perguntou por ele...calado e danado...este vício ainda posso controlar😜

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D