Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Achintya

Porque há coisas que não se explicam, sentem-se intensamente

Porque há coisas que não se explicam, sentem-se intensamente

Achintya

26
Nov17

Três partos e todos diferentes

kamini

A propósito da petição "Pelos direitos das mulheres no parto". Já li inúmeros comentários sobre este tema e alguns confesso que me chocaram, o machismo continua em força. Mistura-se a vontade e poder financeiro com a verdadeira necessidade de uma intervenção que não seja convencional.

Tenho experiência própria de três partos diferentes e em nenhum deles tive opção de escolha. O primeiro foi tranquilo, cesariana por estar em posição pélvica. O segundo demorou 24 horas bem dolorosas, ponderaram  a cesariana mas acabou por ser a forceps. Confesso que ficamos as duas muito mal tratadas... O terceiro durou 12 horas, também dolorosas e com o bebe a sofrer desacelerações durante as contrações. O resultado podia ter sido o pior, finalmente resolveram fazer uma cesariana de emergência e a minha filha já teve que ser reanimada...

Graças às cesarianas feitas a pedido, tentam reduzir os custos pondo muitas vezes a vida de mães e bebés em risco. Como mulher já o sofri na pele, infelizmente somos leigas em matéria de partos e temos que confiar nos profissionais (que muitas vezes se esquecem do que são), até para isto é preciso ter sorte!?!?!?

Pelo que passei e histórias que presenciei, principalmente neste último parto, deveria ter feito uma reclamação formal. Na altura achei que o deveria fazer para tentar evitar situações semelhantes, lamentavelmente acabei por não o fazer .

 

 

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D