Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Achintya

Porque há coisas que não se explicam, sentem-se intensamente

Porque há coisas que não se explicam, sentem-se intensamente

Achintya

06
Dez17

Partiste sem despedida

kamini

Passaram 10 anos, desde que partiste!

podias ter lutado, não desistir...decidiste deixar-te ir...porquê?

Ainda hoje me culpabilizo...poderia ter feito ... isto ou aquilo...

Sobretudo, deveria lá ter estado... mas cheguei tarde...

Teria adiantado? 

Ficou tanta coisa por dizer... esclarecer... fazer...

dizer-te que eras um pai amado...nunca to disse.

Amar-te-ei sempre...

Preciso que me perdoes e sobretudo de me perdoar...

Levaste contigo a cortina que me turvava a visão...

Agora, vejo o que não via...percebo o que não percebia...

Tenho saudades...tantas...

Até um dia...

 

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D